Tudo Sobre Shakes para Emagrecer

Tempo de leitura: 4 minutos

Os shakes para emagrecer podem realmente ser substitutos das refeições?

Atualmente há uma farta gama de opções de dietas, métodos, fórmulas e meios para ajudar no emagrecimento.

Os shakes que já estão há algum tempo no mercado são uma boa solução para a perda de peso?

Os shakes prometem substituir refeições de uma forma saborosa e rica em nutrientes. O primeiro cuidado que você deve tomar na hora da escolha de um shake é pesquisar junto a ANVISA para ver se é um produto autorizado.

Leia também com atenção o rótulo para estar ciente de quais são os seus componentes, além das recomendações do fabricante.

Como eles funcionam?

Shakes para emagrecer

 

Como você já sabe, engordar e emagrecer é de uma forma geral uma questão de matemática. Se você pode consumir 1.300 calorias por dia e comer 1.400 vai engordar, já se você ingerir apenas 1.200 vai emagrecer.

Lógico que há outros fatores que irão influenciar nessa perda ou ganho de peso. Os shakes são feitos para serem substitutos de uma refeição.

Essa substituição será feita de uma forma equilibrada e com uma quantidade reduzida de calorias.

Com eles você conseguirá suprir a sua necessidade diária de nutrientes, mas com um número bem menor de calorias. Essas calorias ao menos tendem a levá-lo ao emagrecimento e a perda da gordura acumulada.

Como emagrecer?

Sabemos que se os shakes forem consumidos de forma correta eles realmente irão te trazer um emagrecimento, além da perda de gordura.

Só que de nada adiantará você substituir suas refeições por shake e depois manter hábitos alimentares ruins.

Há pessoas que entendem que porque tomam shakes podem sair comendo de tudo, pois não irão engordar. Eles só trarão reais resultados se junto com a substituição da alimentação venha a reeducação alimentar, ou seja, não comer alimentos que possam te fazer engordar entre os shakes.

Qual refeição substituir?

Tem pessoas que substituem o almoço e o jantar por shakes, mas isso é uma escolha sua que depende de quanto quer emagrecer e em quanto tempo quer os resultados.

Se escolher apenas uma refeição por dia não há como se falar se é melhor o jantar ou o almoço.

Se por exemplo você trabalha em um local onde nas redondezas você só tem comidas pouco saudáveis para comer, é indicado usar o shake nessa refeição, mas se tiver boas opções é melhor deixar o shake para ser tomado na hora do jantar.

Metabolismo

metabolismo, que é muito falado no universo da perda de peso, é importante também para quem vai aderir a dieta dos shakes. Pular refeições é péssima ideia.

Coma de 3 em 3 horas para manter o seu metabolismo sempre funcionando, queimando calorias e gorduras.

Antes e depois dos shakes opte por lanches leves que irão complementar a sua alimentação e manter o metabolismo acelerado, coma frutas, barras de cereais, passas, castanhas, entre outros alimentos nesses lanches.

Exercícios físicos.

Exercícios

Como já falamos com relação a alimentação, não é porque substituiu as refeições por shake que não precisa fazer mais nada.

É preciso também manter uma rotina de exercícios diárias, mas não precisa ser aquela velha lenda de que deve fazer 1 hora de exercícios aeróbicos ou treinar um dia musculação e outro aeróbico.

Não que isso seja ruim, mas há outras opções mais simples de treinos.

Você pode optar por treinos simples, rápidos que podem até serem feitos em sua própria casa, sem a necessidade de aparelhos, fortalecendo os músculos e queimando as gorduras.

Esses exercícios podem ser feitos por qualquer pessoa que esteja apta a prática de atividades físicas.

Os exercícios irão acelerar o seu metabolismo fazendo com que você queime gordura mesmo estando em repouso.

Um que eu indico é o programa Queima de 48horasÉ um ótimo programa com um método inovador de exercícios de poucos minutos diários, porem com muito resultado.

Claro que eles só darão resultados se virem juntos com uma boa alimentação equilibrada todo o dia.

Concluindo

Os shakes para emagrecer são ótimos para a perda de peso saudável, mas como vimos eles não trazem os resultados sozinhos. Alie sempre a boa alimentação e os exercícios físicos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *